top of page

Estratégias para manter a empregabilidade do enfermeiro após os 50 anos

Compreendendo a empregabilidade como a capacidade do profissional conseguir uma vaga de emprego e, sobretudo, se manter nele; significa dizer que é a habilidade ou competência do enfermeiro acima de 50 anos se manter ativo no mercado de trabalho.


Sabe-se que à medida que os enfermeiros avançam em suas carreiras, a preocupação com a empregabilidade torna-se uma consideração essencial, especialmente após os 50 anos. Neste estágio, é imperativo adotar estratégias que não apenas mantenham a relevância, mas também aprimorem a capacidade de contribuição no campo da enfermagem.


O lifelong learning é uma estratégia-chave. Cursos online, certificações e workshops permitem que os enfermeiros adquiram conhecimentos atualizados e estejam alinhados com as práticas mais recentes. Além disso, a participação nestes eventos promove a interação com as últimas tendências e tecnologias em saúde, como também proporciona aumento do conhecimento técnico que gera maior confiança na aplicação de práticas inovadores e demonstração de comprometimento com o aprendizado contínuo.


Desenvolver habilidades de liderança é outra estratégia relevante, pois enfermeiros com experiência têm potencial para assumir papéis de liderança, portanto ampliar habilidades gerenciais e de liderança se torna determinante para a empregabilidade. Participar de cursos de liderança e se disponibilizar a assumir responsabilidades de liderança em projetos ou comitês institucionais promove o crescimento, levando a melhoria na capacidade de gestão de equipes, oportunidade de contribuição significativa para a melhoria de processos, promove visibilidade e a possibilidade de assumir funções de liderança sênior.


O networking estratégico com o desenvolvimento da marca pessoal e marketing profissional formam um conjunto de estratégias essenciais na era digital, que não tem como negar, sendo preciso aprender para manutenção da empregabilidade. Expandir a rede profissional é fundamental para ter acesso a oportunidades de trabalho ocultas. Participar de eventos da área da saúde, conferências e associações profissionais proporciona conexões valiosas. Plataformas online, como LinkedIn, também são ferramentas poderosas para estabelecer e manter conexões profissionais.


Em sintonia com o pensamento de Maya Angelou, “Você não faz ideia de quem você pode inspirar quando compartilha sua jornada.” Visto que, o compartilhamento de conhecimentos e experiências com colegas aumenta o potencial para referências e recomendações profissionais.


Outra estratégia valiosa é a adaptação às mudanças tecnológicas em razão da rápida evolução tecnológica na área da saúde demanda uma habilidade contínua de adaptação. Participar de treinamentos e workshops específicos sobre novas tecnologias, como habilidades básicas de navegação na web, compreensão de plataformas online e a capacidade de usar aplicativos e software relevantes para o campo de atuação é essencial para permanecer atualizado.


A compreensão e utilização de tecnologias específicas relacionadas à saúde, como sistemas de informação hospitalar, registros eletrônicos de saúde, telemedicina e dispositivos médicos avançados são competências fundamentais para a prestação de cuidados de saúde eficientes e atualizados.


A disponibilidade para aprendizagem de competências tecnológicas aumenta a eficiência no uso de tecnologias de saúde, viabiliza a melhoria na qualidade e segurança dos cuidados prestados e maior valorização como profissional adaptável e flexível.


Por fim, a promoção da saúde e bem-estar é uma competência que independente da idade é vital, mas para o enfermeiro com 50 mais é indiscutível. Realizar a prática de exercícios, gestão do estresse e equilíbrio entre trabalho e vida pessoal são fundamentais para garantir um desempenho profissional consistente e duradouro. Os benefícios dessas estratégias são melhora na resistência física e mental, redução do risco de Burnout e manutenção de um ambiente de trabalho saudável.


A empregabilidade na enfermagem após os 50 anos é alcançada por meio de uma abordagem abrangente e estratégica. A combinação de atualização constante, desenvolvimento de habilidades de liderança, networking estratégico, adaptação às mudanças tecnológicas e cuidado com o bem-estar pessoal não apenas mantém a relevância profissional, mas também fortalece a contribuição significativa dos enfermeiros experientes no campo da saúde. O comprometimento contínuo com o desenvolvimento profissional é a chave para uma carreira gratificante e sustentável ao longo dos anos.


O que você acrescenta como reflexão?



13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page